[Link] Perder-se para encontrar-se

“Ser mãe me transformou irremediavelmente, sem chance de fuga: com minhas filhas recém-nascidas, eu vi morrer a pessoa que tinha sido até então para não voltar mais. E em lugar dela, eu ainda não sabia o que viria. Durante muito tempo – anos, na verdade – vivi num limbo no qual já não era possível ser o que eu havia sido até então, mas o que eu seria dali por diante ainda não havia se construído inteiramente, era processo, era caminhada. Uma caminhada às vezes bem solitária, sem garantias do que quer que fosse.”

http://www.mamiferas.com/blog/2013/03/perder-se-para-encontrar-se.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s