Como levar as ultimas semanas de gestação?

Algumas amigas estão grávidas e entrando nas ultimas semanas de gestação, e talvez por este motivo eu venho me lembrando de como foram as minhas ultimas semanas de gravidez da Elis. É muito gostoso lembrar!

Escrevi neste post (clique em cima para ler) sobre a importância de esperar o tempo do bebê, inspirada por um parto em casa que aconteceu às 42 semanas e 3 dias de gestação. Sei que não é fácil esse finalzinho. A barriga pesa, a gente fica cansada, mas tudo isso é bem simbólico, na minha opinião. Simbólico para percebermos o quanto é e será trabalhoso, ter um bebê em casa, ser mãe, pro resto da vida. Para irmos nos preparando psicologicamente nos acostumando com o pensar menos em nós, e mais neles. Com sermos menos centradas nas nossas vontades. É um exercício diário, que confesso, ainda estou no inicio do aprendizado.

The pregnant woman on the ninth monthMas, penso, que quando conseguimos abstrair das preocupações e nos entregarmos ao parto, ao nascimento do bebê e da mãe, nos entregarmos à mulher que está morrendo para nascer outra, as coisas ficam bem mais fáceis. Não ha formulas, não ha a coisa certa a fazer, ha o que o seu coração e seu instinto dizem. É hora de deixar seu lado loba surgir, de verdade. Pela milésima vez, rs, recomendo os mesmos livros, e principalmente para este finalzinho de gestação: “A Ciranda das Mulheres Sábias”, e “Mulheres que Correm com os Lobos” da Clarisse Pínkola Estés. Precisamos deixar sair aquela mulher que está escondida debaixo das preocupações do dia a dia, do trabalho, enfim. É hora de se desligar do mundo, desconectar de facebook, chat, e-mail. É hora de se conectar com você e com o bebê (e, talvez, avisar no Facebook que está offline, para as pessoas te deixarem no seu canto?).

É hora de se permitir. 37 semanas, 38, 39, 40 semanas… é nesse momento que precisamos trabalhar o “permitir-se”… se deixar curtir o momento, se entregar. Outra palavra que tem tudo a ver com Parir é Perdoar. Perdoar a si, perdoar aos outros. Mas principalmente SE perdoar. Se permitir viver esse momento! É real, é muito real: o parto assemelha-se ao sexo! Aliás, na verdade, é quase igual. Precisamos nos soltar… estar onde nos sentimos bem, com pessoas das quais nos sentimos bem… e deixar rolar… gemer, gritar, sentir. Fazer o que der vontade, de verdade! E esse processo de se permitir é gradativo, não só na hora do parto, vem antes! Vem nessas ultimas semanas preferencialmente. (ah… fazer sexo nas ultimas semanas de gestação está totalmente liberado, viu?? Pode perguntar para qualquer doula ou parteira. Até ajuda a engrenar o trabalho de parto :) )

Portanto, dê-se presentes! Faça o que quer, vá onde gosta, esteja com quem te faz bem! Ouça música, dance, dance na chuva até se quiser! Permita-se! É hora. Agora é a hora, de você fazer o que der na telha, porque você merece! Entende? Foi isso que eu fiz, e deu certo! Portanto, estou passando a dica adiante :)

Outra coisa muito comum de as mulheres fazerem nesta época, também, é escrever. Escrever para si, para o seu bebê. Pôr pra fora tudo o que ronda sua cabeça, de bom e de ruim. Chorar escrevendo, rir também. Antes de parir o bebê é legal também parirmos alguns medos, algumas culpas, mesmo que não se resolvam agora. Só de sabermos que elas existem e dar nome a elas, isso ja ajuda. Trazer tudo para a superfície, chorar, ir à terapia ou conversar com alguém em que você confie muito, enfim.

A Doula nestas horas também ajuda! Use e abuse da sua doula! Ela está ao seu lado e sabe exatamente como é este momento. Vamos parir o que ainda falta, antes da hora “P”. Parir algo não significa que vamos saber como será, mas significa que estamos aceitando com gratidão aquele momento e confiando na nossa sabedoria interna. Na verdade, na vida, a gente nunca sabe o que nos espera. Mas devemos nos entregar de forma inteira para as coisas, para que saibamos a real medida que elas têm.

Essa é a MINHA visão, e não significa que sei tudo, ok? Só estou partilhando de algo que vivi. Se isso é certo ou errado para os outros, eu não sei. Mas foi certo para mim.

E vocês, que já são mães, têm mais alguma dica para dividir?? :)

“Parir é
Permitir. Se
Permitir
Perdoar. Se
Perdoar.”

Anúncios

2 comentários sobre “Como levar as ultimas semanas de gestação?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s