[Repost] O elitismo e a meritocracia no meio humanizado – com comentários.

Compartilho o texto, pois acredito que os sentimentos da autora são legítimos. São de alguém que viveu na pele esta exclusão, e ela de fato existe.

No entanto, faço uma observação importante, de alguém que também viveu na pele um outro lado. E também é legítimo. Em minha gravidez, estive perto de mulheres que estudam o parto no Brasil, nas universidades deste país. Principalmente, mulheres que fazem mestrado e doutorado na faculdade de Saúde Pública da USP.

Estas mulheres fazem, em sua grande maioria, parte desta elite que a autora menciona no texto, muitas delas tiveram parto em casa e pagaram caro por ele. Mas sabem o retrato da assistência ao parto em nosso país, e estudam várias formas de mudar isso, lutam por um parto digno para TODAS as mulheres, sem que elas precisem vender o carro para viverem este sonho.

É um direito de TODAS as mulheres, sejam elas ricas ou pobres, de viver seu parto da forma mais digna possível, de forma que entrem em contato com toda a sua potencia, para que se lembrem para sempre do que são capazes: parir uma criança de forma natural.

Também acho importante falar das lutas do SUS para que este cenário mude, cada vez mais. A maior prova de que o SUS está lutando, é que a taxa de cesárias, na saúde pública, é 50%, e na saúde privada, cerca de 85% (apesar de que, se pegarmos os levantamentos feitos na ultima semana, sobre médicos da Unimed de São Paulo, alguns registram 100% de cesárias, sendo que pela OMS esta taxa deve ser de 15%, eu disse QUINZE POR CENTO).

http://parabeatriz.com/o-elitismo-e-a-meritocracia-no-meio-humanizado/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s