Quiseram nos enterrar, mas esqueceram de que éramos sementes

Nesse momento eu pego no colo essa moça grávida da foto. De 7 anos atrás. Essa moça nessa época da vida dela, estava se sentindo muito perdida. Muito, mesmo. Muito sozinha. Sentia que ninguém de fato queria ajudar. Sentia que as pessoas estavam muito preocupadas com seu próprio ego. As pessoas (e não foi uma só não, nem duas) achavam que podiam maltrata-la.

Mal sabiam elas a força que eu estava prestes a provar a mim mesma que tinha, parindo essa menina tão especial. Minha companheira para sempre. O azul de Iemanjá, já estava comigo, mesmo sem eu saber. Ali começava uma viagem sem volta – pra dentro de mim e daí pro mundo.

Quem não quis me acompanhar… é um direito. Mas, que pena, perdeu uma viagem incrível. Quem continua na minha caminhada – que bom! Bora pro azul. Que a vida é imensa.

“Quiseram nos enterrar, mas esqueceram que éramos sementes”.

#maternidadereal #maternidade #sermãe #gravidez #posparto #parto#acirandadasmulheressabias27368321_908326782660667_2162428446233274265_o

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s